quinta-feira, 7 de dezembro de 2006

todo o amor do mundo não foi suficiente porque o amor não serve de nada. ficaram só
os papéis e a tristeza, ficou só a amargura e a cinza dos cigarros e da morte.
os domingos e as noites que passámos a fazer planos não foram suficientes e foram
demasiados porque hoje são como sangue no teu rosto, são como lágrimas.
sei que nos amámos muito e um dia, quando já não te encontrar em cada instante, cada hora,
não irei negar isso.
(...)

_josé luís peixoto
.:por A Naifa:.


(foi nesta que tive de por a mão no cantinho do olho)



foto tirada do blog: http://anaifa.blogspot.com/

1 comentário:

francisco disse...

foi bonito, ponto
mas nessa canção faltou o solo da voz para me fazer arrepiar...
talvez numa próxima
*